Não há legenda para essa foto

Fotos entre o juiz imparcial da Lava Jato, Sérgio Moro e o campeão de citações em delações, senador Aécio Neves (PSDB) que demonstram sorrisos e intimidade entre os dois, está bombando nas redes sociais. As fotos foram registradas durante evento da revista IstoÉ que premiava o “Brasileiro do Ano de 2016”, acredite, eles premiaram o Michel Temer. (risos). Isso tudo é para provar que os caras não tem nem mais vergonha na cara. Planejam, organizam e executam tudo sem medo de nada.

Eles zombam do povo brasileiro, na verdade.

moro-aecio

A foto que surpreende uma parcela da sociedade, certamente, não surpreende os juristas, os políticos democratas, a sociedade civil organizadas, a classe intelectual. Não surpreende nenhum pouco os cidadãos mais progressistas desse país. Sempre soubemos que a Lava Jato foi um projeto criado para gerar caos, confusão, desestabilização econômica e política. A crise institucional está aí, a perda de direitos básicos também.

aecio-moro

Enquanto isso, estes senhores, como na foto, seguem rindo da nossa cara.

Conheça um pouco melhor, o projeto político da Lava Jato no vídeo:

Momento de reflexão

Vi um padre da cidade de Chapecó concedendo uma entrevista onde dizia: “Uma tragédia como essa, também é professora. Pois nos ensina.”

Eu não possuo religião, mas possuo fé. Acreditar em algo, seja você tendo certeza ou dúvidas, muitas vezes é algo que te move. Nem gosto de ficar comentando sobre isso, afinal, penso ser de foro íntimo de cada um, cada um na sua, com sua fé, sua crença, etc; Num momento como esse, de uma tragédia de dores incalculáveis, como disse o padre, impossível não se deparar com inúmeras reflexões e certamente, ao final, iremos nos questionar em reflexões sobre a vida.

chape

Seria o destino? Seria um propósito? Seria um acontecimento como qualquer outro da natureza humana? Um efeito borboleta? Quem não parou para fazer essas perguntas, não é mesmo? Muitos irão se perguntar: como alguém pode permitir que isso aconteça? Outros, irão dizer que foi uma condição divina. Muitos conseguirão se confortar com palavras de fé, de destino. Outros, jamais irão se conformar seja quais palavras forem ditas.

Oras, se uma tragédia como essa gera tanta confusão, angústia, medo e tristeza, como pode alguém dizer que ela ensina algo? Eu penso que ela ensina. Seja qual for sua concepção de mundo, ela nos mostra que a vida é curta, simples, pequena e rápida. Para alguns isso seria um recomeço, para outros, um final. A certeza que a nossa vida, assim como ela é, tem um valor pequeno, porém, todos os dias, necessitamos valorizá-la mais.

O comportamento daqueles que aqui ficam, também é um aprendizado. Como pode uma tragédia como essa construir a grandiosa união de um estado, um país, um planeta? Naquele avião, não estavam somente os sonhos de seus passageiros, mas também, os sonhos de muita gente. Além da dor familiar, ela alcança a dor das crianças, de uma torcida, de uma cidade inteira. E essa dor nos alcança de forma plena, pois conseguimos nos imaginar em seus lugares. E por isso dói ainda mais. Além de seres humanos, lá estavam heróis que simbolizavam um sentimento. E pergunto: o que seria nossas vidas sem estes símbolos que nos representam? Símbolos da alegria, da emoção, da tristeza, do amor, da crença, etc;

A vida vai seguir, todos irão se reerguer, todos irão se ajudar, mas o passado jamais será esquecido. O valor das nossas foi duramente questionado e, certamente, daqui em diante, nossas vidas serão diferentes. Mas, apesar da tristeza e da fraqueza que isso está nos causando, esse momento também poderá nos ensinar que a glória, a felicidade, a conquista e a memória se eternizam.

 

 

 

Em meio a dor de uma tragédia, congressistas aprovam medidas contra a população

Embora já saibamos que todo o processo que vem ocorrendo em nosso país seria única e exclusivamente para isso – aprovar medidas contra a população – sem nenhum tipo de vergonha ou constrangimento, fica aquele ponto de tristeza e impotência.

E para se tornar ainda pior, os senhores e senhoras, ainda se aproveitaram da comoção nacional, no auge de uma terrível tragédia para aprovar tais medidas. Na calada da noite, uma tristeza sem fim. O mais interessante de tudo é que isso acontece sem nenhum panelaço, passeata ou crítica daqueles que vestiram suas camisetas amarelas e verdes da revolta seletiva. É obvio que estão envergonhados, afinal, sabem o que fizeram.

senadores

Muitos estão atônitos com o que será a maior destruição social do nosso país, nos próximos vinte anos, mas, o que esperar de um governo ilegítimo e seus apoiadores? Acho que ninguém esperava algo além disso.

Tubarão inicia a Copa do Brasil

O Tubarão viajou à Parauapebas, no Pará, para o início da Copa do Brasil, hoje às 20h30 na cidade paraense. A time levou a equipe reserva com alguns juniores e subiram para o time principal já que os titulares enfrentam o Maringá, no domingo, pelo paranaense.

lec12

O destaque será o goleiro Vitor, que agora figura entre os reservas e fará seu primeiro como titular depois da polêmica envolvendo sua escolha de não jogar aos sábados devida à religião. Se vencer por mais de gols de diferença o Tuba poderá eliminar o jogo de volta, mas isso não será fácil, uma vez que a equipe paraense vai com tudo em busca da vitória em cima do alviceleste.

Torcida é para que a rapaziada faça um bom jogo e tragam um resultado importante.

A escolha de Lula

Em resumo, eu era e ainda sou contra a nomeação de Lula para Ministro da República, mas para isso, fiz inúmeras análises de conjuntura e vários questionamentos. Todos os questionamentos que reflito nesse exato momento.

Lula aceita ser o Ministro da Casa Civil, mas os fatores que devemos analisar são muitos.

Inicialmente, a Operação Lava-Jato que poderia ser a maior ferramenta de combate à corrupção do Brasil, se tornou apenas um processo político. Isso se mostra evidente com a atuação do juiz Sério Moro. É uma pena, quem perde é o Brasil, pois teríamos a possibilidade de iniciar um combate às práticas ilícitas e uma demonstração clara de como funciona o jogo político dos bastidores na república brasileira. Sobraria para todos, desmontaria esquemas e organizações que há décadas se utilizam do espaço público para promover as operações, porém, como todos estão vendo, infelizmente, os rumos das investigações não confirmam isso. Os próprios juristas ficam atônitos quando analisam os casos. A justiça se esvai na ânsia de querer transformar as importantes investigadores em parte do jogo político. São tantos os políticos investigados, dos mais diversos partidos, grandes empresários e mesmo assim, o que se vê, na prática, é apenas uma perseguição aos políticos de um só partido. Não que eles não devam ser investigados, muito pelo contrário, devem ser investigados sem nenhum privilégio, mas quando apenas eles são, o estado de direito não é contemplado, e se o estado de direito não é contemplado não há justiça. Não se faz justiça cometendo injustiça, a lei deve ser para todos. Principalmente numa operação tão importante como essa.

Moro
Sérgio Moro em palestra na empresa de João Dória, pré-candidato à prefeitura de São Paulo pelo PSDB

Nesse contexto, Lula já foi incriminado. Não importa o que ele diga, as provas que ele tenha, os documentos que ele comprove, ele já foi incriminado. Foi julgado pelo Moro, pela imprensa e pela comoção popular, ainda que essa comoção não represente a maioria do povo brasileiro, mas certamente, de uma parcela significativa. Lula seria preso, essa é a verdade. Pois quando o Estado de direito não se faz eficaz, não importa o que as leis digam.

Por outro lado, toda essa crise política que, sejamos sinceros, incentivada pela oposição irresponsável (lembremos que ainda existe sim oposição responsável no Brasil), que ajudou a agravar a crise econômica (leia-se agravar, não criar, ok?), contribui muito para essa polarização bizarra que vivenciamos atualmente. E nessa crise política, jurídica, midiática tudo pode acontecer. A Lava-Jato tem citado toda semana, inúmeros políticos tanto da oposição quanto da situação, isso não é novidade para ninguém, agora, o mais interessante e bizarro disso tudo é que a presidenta Dilma Rousseff não está envolvida com nada. Sejamos sinceros também, Dilma errou na política econômica, mas, se existe alguém nesse balaio todo onde podemos afirmar que possui uma conduta séria e limpa é ela. E assim, é justamente por isso que ela irá pagar o pato. Dilma iria (ou irá) sofrer o Golpe político (sim, é golpe, pois impeachment existe quando o presidente se utilizou do cargo para realizar atos ilícitos em benefício próprio, que não é caso dela), igualmente os outros presidentes da nossa sofrida e peculiar história política com Getúlio, JK, Jango, ou então, dos países vizinhos, Argentina, Bolívia, Venezuela, Chile, com Salvador Allende ou no pífio golpe de estado contra Fernando Lugo no Paraguai recentemente. Na realidade, Dilma já está pagando o pato. Se ela sofresse o golpe, sairia. Com a entrada de Lula, apenas confirmam algo: ela não teve competência para gerenciar o país. O que é triste, pois é a primeira mulher presidente da república e eu, apesar de todos os seus equívocos, ainda confio nela.

15465
Lula na reeleição em 2006

Há quem diga, e não duvido, que o PDMB teria feito a proposta à Lula. Não votarão pelo Impeachment caso ele voltasse ao governo. Agora, pensem, que sinuca de bico foi essa que o colocaram antes de ter que aceitar: Se Lula entra no ministério a imprensa/oposição vai cair matando. Se Lula não entrar, corre o risco de ser preso pela justiça seletiva. Se Lula entrar, pode resolver a crise, mas também, pode se queimar perante o povo. Mas se não entrar, os achacadores do congresso vão derrubar Dilma. Cara, não é simples. Apesar de tudo, Lula não deixará de ser julgado, aliás, nem deve. Se é investigado tem que ser julgado, mas dessa vez pelo STF e não mais pelo juiz Sérgio Moro.

Analisando emocionalmente, eu ainda discordo da posição do presidente Lula, pois acredito que deveria ir até o fim. Mesmo com risco de impeachment, mesmo com a prisão arbitrária que viria. A militância estaria disposta em ir às ruas defender o projeto de país, porém, analisando racionalmente, esse é justamente o problema. Embora alguns setores da oposição adorariam ver o Brasil virar uma praça de guerra, o governo, Dilma, Lula, optaram pela paz, mesmo que isso possa custar ainda mais caro no futuro.

Agora, é torcer para que Lula consiga unir o país e ajudar Dilma a superar a crise política e econômica. Nós, brasileiros, não temos outra alternativa.

Saiu a tabela do Brasileirão Série B

E o Tubarão vai estrear diante da torcida na Série B de 2016, ainda é uma tabela base para o primeiro turno da competição, mas a maioria dos jogos devem se confirmar. No segundo turno, mudam-se os mandos de campo. Os jogos serão às terças, sextas e sábados, veja:

lec10

1ª – Londrina x CRB
2ª – Goiás x Londrina
3ª – Londrina x Náutico
4ª – Joinville x Londrina
5ª – Londrina x Paraná
6ª – Londrina x Tupi
7ª – Ceará x Londrina
8ª – Londrina x Vila Nova
9ª – Oeste x Londrina
10ª – Bahia x Londrina
11ª – Londrina x Vasco
12ª – Luverdense x Londrina
13ª – Londrina x Brasil de Pelotas
14ª – Londrina x Criciúma
15ª – Paysandu x Londrina
16ª – Atlético GO x Londrina
17ª – Londrina x Sampaio Corrêa
18ª – Avaí x Londrina
19ª – Londrina x Bragantino