Momento de reflexão

Vi um padre da cidade de Chapecó concedendo uma entrevista onde dizia: “Uma tragédia como essa, também é professora. Pois nos ensina.”

Eu não possuo religião, mas possuo fé. Acreditar em algo, seja você tendo certeza ou dúvidas, muitas vezes é algo que te move. Nem gosto de ficar comentando sobre isso, afinal, penso ser de foro íntimo de cada um, cada um na sua, com sua fé, sua crença, etc; Num momento como esse, de uma tragédia de dores incalculáveis, como disse o padre, impossível não se deparar com inúmeras reflexões e certamente, ao final, iremos nos questionar em reflexões sobre a vida.

chape

Seria o destino? Seria um propósito? Seria um acontecimento como qualquer outro da natureza humana? Um efeito borboleta? Quem não parou para fazer essas perguntas, não é mesmo? Muitos irão se perguntar: como alguém pode permitir que isso aconteça? Outros, irão dizer que foi uma condição divina. Muitos conseguirão se confortar com palavras de fé, de destino. Outros, jamais irão se conformar seja quais palavras forem ditas.

Oras, se uma tragédia como essa gera tanta confusão, angústia, medo e tristeza, como pode alguém dizer que ela ensina algo? Eu penso que ela ensina. Seja qual for sua concepção de mundo, ela nos mostra que a vida é curta, simples, pequena e rápida. Para alguns isso seria um recomeço, para outros, um final. A certeza que a nossa vida, assim como ela é, tem um valor pequeno, porém, todos os dias, necessitamos valorizá-la mais.

O comportamento daqueles que aqui ficam, também é um aprendizado. Como pode uma tragédia como essa construir a grandiosa união de um estado, um país, um planeta? Naquele avião, não estavam somente os sonhos de seus passageiros, mas também, os sonhos de muita gente. Além da dor familiar, ela alcança a dor das crianças, de uma torcida, de uma cidade inteira. E essa dor nos alcança de forma plena, pois conseguimos nos imaginar em seus lugares. E por isso dói ainda mais. Além de seres humanos, lá estavam heróis que simbolizavam um sentimento. E pergunto: o que seria nossas vidas sem estes símbolos que nos representam? Símbolos da alegria, da emoção, da tristeza, do amor, da crença, etc;

A vida vai seguir, todos irão se reerguer, todos irão se ajudar, mas o passado jamais será esquecido. O valor das nossas foi duramente questionado e, certamente, daqui em diante, nossas vidas serão diferentes. Mas, apesar da tristeza e da fraqueza que isso está nos causando, esse momento também poderá nos ensinar que a glória, a felicidade, a conquista e a memória se eternizam.